Júri composto por renomados chefs, convocados pela revista Prazeres da Mesa, avaliou receitas dos vencedores da etapa do voto popular


alt

Ivo Abrahão (Tavares); Thiago Cerqueira (Loup); Marcia Garbin (Gelatto boutique); Marisabel Woodman (La Peruana); Wanderson Medeiros (Picuí); Gil Guimarães (Bacco Pizzaria, Napoli Centrale e C6 Hamburgueira); Marcos Livi (Quintana, Veríssimo, Napoli Centrale e C6 Hamburgueria), e Ricardo Castilho (revista Prazeres da Mesa)



Chegou a hora do Brasil conhecer os melhores restaurantes a quilo de cada estado participante do concurso gastronômico O Quilo é Nosso, que movimentou cerca de 200 estabelecimentos em 24 cidades e 12 estados entre 18 de setembro e 2 de outubro. A segunda edição do concurso foi promovida pela Abrasel, em parceria com a Prazeres da Mesa e patrocínio da Coca-Cola Brasil e Sodexo. 

Com o tema “Saudável e natural do Brasil”, a proposta era que cada restaurante criasse um prato exclusivo para o concurso que levasse na receita a saudabilidade e o regionalismo. Na primeira etapa, pelo voto popular, foram eleitos os três melhores restaurantes de cada estado.

Na sequência, esses vencedores foram avaliados por um júri de renomados chefs. Às cegas, sem saberem de quais estabelecimentos eram os pratos, eles julgaram as receitas e elegeram, então, o melhor restaurante em cada estado. Os jurados analisaram as receitas e entre os critérios avaliados estavam a praticidade, a criatividade e a viabilidade de replicação.

Para Paulo Solmucci, presidente-executivo da Abrasel, a qualidade das receitas dos vencedores estaduais do O Quilo é Nosso mostra que o segmento de comida a quilo segue em alta em todo o Brasil. “Sem dúvida são pratos que simbolizam com maestria os sabores de cada região do pais”, diz.

Conheça o júri

Foram selecionados pela revista Prazeres da Mesa oito especialistas em gastronomia. São eles: Ivo Abrahão (Tavares); Thiago Cerqueira (Loup); Marcia Garbin (Gelatto boutique); Marisabel Woodman (La Peruana); Wanderson Medeiros (Picuí); Gil Guimarães (Bacco Pizzaria, Napoli Centra le e C6 Hamburgueira); Marcos Livi (Quintana, Veríssimo, Napoli Centrale e C6 Hamburgueria), e Ricardo Castilho (revista Prazeres da Mesa). 

Segundo Castilho, diretor da publicação, o critério para a seleção de chefs buscou diversas áreas de atuação e vários segmentos de cozinhas. "Tem chefs do sul, sudeste, centro-oeste e nordeste. Isso mostra que as receitas regionais estão bem representadas. Assim, de acordo com a receita, todos os lugares têm a chance de ser o melhor restaurante a quilo do Brasil", diz.

O grande campeão

Dos 12 campeões estaduais, apenas um será escolhido como o grande vencedor da segunda edição do Concurso O Quilo é Nosso. O anúncio será feito nesta quarta-feira (7) durante o 32º Encontro Nacional da Abrasel, em Goiânia. Acompanhe as redes sociais da Abrasel para saber tudo em tempo real.

Confira abaixo a lista dos vencedores:

Alagoas
Campeão: Sete Coqueiros Comedoria
Carne de Sol Suína a Moda Sete Coqueiros

Amazonas
Campeão: Gaúcho's Gourmet
Lombo de pirarucu à Solimões!

Bahia
Campeão: Restaurante Portinha
Ceviche de Banana da Terra, Palmito e Camarão Rosa

Ceará
Campeão: Restaurante Renascença
Sirigado com purê de banana da terra e castanhas do Brasil

Distrito Federal
Campeão: Mayer Self-Service
Panqueca de berinjela ao pesto

Goiás
Campeão: Danove Restaurante Unidade 02
Carne de sol na cerveja

Minas Gerais
Campeão: Restaurante Tia Zarica
Empanado sem culpa com molho refrescante

Pará
Campeão: Restaurante Sinhá
Filé de filhote na crosta da castanha do Pará

Paraná
Campeão: Easy Cheff
Polpettine de Porco Moura recheado com creme de Taioba na Mousseline de Banana da Terra

Pernambuco
Campeão: Cia do Chopp
Lampião alla bolognese

São Paulo
Campeão: Arroz com Feijão
Pato Confit com Pera na tangerina

Tocantins
Campeão: Maria Izabel Cozinha Contemporânea
Panelinha Marido Bom